PROPOSTA DE MODELO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL NA ELABORAÇÃO DO PMSB

MODELO PARA A IMPLANTAÇÃO DE UM PLANO DE MOBILIZAÇÃO SOCIAL NA ELABORAÇÃO DO PMSB

Autores

  • LUCIANO FARIA DE NOVAES UNAERP
  • SILVIA MARIA APARECIDA VITORINO Universidade Federal de Uberlândia
  • THIAGO DE LOIOLA ARAÚJO E SILVA UNAERP
  • EDUARDO GIROLINETO UNAERP
  • AYMARA GRACIELLY NOGUEIRA COLEN UNAERP
  • KARLA GONÇALVES MACEDO UNAERP

Resumo

O Plano de Comunicação e Mobilização Social é considerado uma ferramenta essencial, uma vez que garante a participação dos diversos setores sociais na elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (BRASIL,2011). Desta forma, ele descreve todas as ações, estratégias e metodologias para que a comunicação e mobilização social sejam feitas de forma ampla e eficiente, e tem como objetivo geral elaborar uma proposta de modelo para a implantação de um plano de mobilização social na elaboração do PMSB. E os objetivos específicos versam sobre, elaborar um questionário para ser aplicado junto à população durante a elaboração do PMSB; elaborar propostas para divulgar a elaboração do PMSB; elaborar um modelo de cartilha instrucional para ser utilizada em oficinas setoriais e audiências públicas; propor um metodologia de reuniões Técnicas, oficinas setoriais e audiências públicas; a metodologia está amparada pelos objetivos específicos e pelo Plano de Comunicação e Mobilização Social que fundamenta-se, entre outras experiências, na convocação dos munícipes para o processo decisório para a construção do PMSB. Logo, ampliar os investimentos nos serviços de água e saneamento representam ganhos à saúde pública e ao meio ambiente como, queda na mortalidade infantil, redução de doenças de veiculação hídrica, além da redução de custos com internações, tratamentos, entre outros assuntos, isso é possível quando o PMSB é realizado de acordo com a realidade local, ouvindo a população, para assim conhecer a realidade ali presente.

Biografia do Autor

SILVIA MARIA APARECIDA VITORINO, Universidade Federal de Uberlândia

Possui graduação em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia (2010). Especialização em Gestão e Políticas Públicas, pela Faculdade Católica de Uberlândia (2012). Trabalha no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia no Setor de Serviço Social. Tem experiência em Saúde Pública e Administração geral,atuando nos seguintes temas: administração, saúde pública, educação e comunicação em saúde, gestão de pessoas, gestão financeira, sistemas de informação hospitalares, tecnologias de informação e comunicação. Atualmente é aluna do Mestrado Profissional Interdisciplinar em Tecnologias,comunicação e Educação, na linha de pesquisa científico tecnológica: Tecnologias e Interfaces da Comunicação.

Downloads

Publicado

25/08/2022

Edição

Seção

Artigos