RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA E A INFLUÊNCIA NO VALOR DA EMPRESA

Autores

  • Raul Gomes Pinheiro Fundação Carmelitana Mário Palmério
  • Natacha de Mendonça

Resumo

Com o avanço do capitalismo nos últimos anos, o mundo presenciou um consumo desenfreado de seus recursos, a globalização da economia trouxe à tona uma preocupação com a escassez de recursos e com um desenvolvimento sustentável. Cada vez mais surge o questionamento se ações de responsabilidade social nas organizações geram apenas custos ou agregam algum valor aos seus stakeholders. O presente artigo tem como objetivo apresentar os conceitos de responsabilidade social empresarial, quais são as ações adotadas pelas empresas, os objetivos de desenvolvimento sustentável propostos para ONU, além de revisitar os conceitos de valor, indo além do valor econômico comumente estudado e relacionado às pesquisas de RSC como uma maneira de contribuir com novas percepções de valores atrelados à RSC. O estudo se deu através da análise de trabalhos acadêmicos que tratavam de Responsabilidade social, sustentabilidade e valor, posteriormente foi feita uma análise e levantamento de dados de responsabilidade social das empresas Boticário, L’Oreal e Natura por meio do relatório de sustentabilidade de 2018 divulgado pelas organizações em 2019. Foi possível identificar que as grandes empresas do setor de cosméticos estão investindo na RSC como parte de suas estratégias empresariais, indo além de atitudes pontuais de filantropia ou caridade. Este estudo contribui para o entendimento da RSC como uma ação estratégica que agregará valor compartilhado no longo prazo, e não apenas como um marketing positivo para as organizações.

Downloads

Publicado

20/04/2020

Edição

Seção

Artigos