Impacto do Viés de Análise na Avaliação de Empresas: Um Caso de Valuation da Empresa Ambev

Autores

  • Martha Cecília Cordeiro Soares Alves do Nascimento
  • Alexandre Teixeira Norberto Batista
  • Handerson Leônidas Sales
  • Roberto Silva da Penha

Resumo

O objetivo deste trabalho foi identificar o impacto do viés de análise na avaliação de empresas, tendo como caso base o valuation da empresa Ambev. Utilizou-se o modelo de Fluxo de Caixa Descontado (FCD), um método considerado como determinístico, pois avalia a organização em um determinado momento da economia sem considerar os efeitos aleatórios de mudanças no ambiente. Ademais, o valor de mercado de uma empresa não é um valor exato, pois há algumas vertentes nesse modelo em que cabe a opinião do analista, que toma decisões de acordo com suas experiências e seus conhecimentos, e isso acaba gerando certa arbitrariedade na decisão. Para a consecução dos objetivos explicitados, o estudo se dividiu em três casos, tomando como base diferentes percepções do avaliador, todos calculados por meio do FCD. Em seguida, selecionaram-se algumas variáveis para sofrerem alterações, sendo elas: o período de projeção do valor explícito, o coeficiente beta e o crescimento dos fluxos de caixa na perpetuidade. Subsequentemente, verificaram-se e analisaram-se os cálculos em cada situação proposta. Por fim, verificou-se que o viés de análise na avaliação causa impactos no resultado do cálculo do valuation, confirmando a afirmação de que o valor de mercado de uma organização não é um valor específico.

Downloads

Publicado

26/04/2019

Edição

Seção

Artigos