Relação entre a evidenciação de ativos imobilizados e os diferentes níveis de governança corporativa de empresas com ações negociadas na B3

Autores

  • Amanda Outi Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
  • Beatriz Outi Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
  • Rita de Cássia Correa Pepinelli Camargo Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
  • Raphael Vinicius Weigert Camargo Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Resumo

Este estudo tem como objetivo verificar a relação entre o nível de evidenciação contábil do ativo imobilizado e os níveis de Governança Corporativa de empresas industriais com ações negociadas na B3. A amostra é composta por todas as empresas do setor de bens industriais. Os dados foram obtidos por meio das Notas Explicativas do ano de 2018. O nível de evidenciação foi mensurado por meio de um checklist baseado na NBC TG 27 (R4). Foram estudadas empresas de todos os níveis de Governança Corporativa. Os dados foram analisados por meio de estatísticas descritivas e testes não paramétricos (Teste de Mann-Whitney e Correlação de Spearman). Os resultados revelaram que os níveis de evidenciação não apresentaram relação com os níveis de Governança Corporativa. Isto porque, o ordenamento dos níveis de evidenciação não seguiu o ordenamento dos níveis de Governança Corporativa. Esta evidência é sustentada pelos resultados do Teste de Mann-Whitney, em que a diferença de médias entre empresas ‘com’ ou ‘sem’ nível diferenciado de GC não foi significante. O que se observou foi um nível de evidenciação superior para empresas de Bovespa Mais Nível 2, passando por Novo Mercado, Mercado Tradicional, Nível 2, Nível 1 e Bovespa Mais. Observou-se ainda que empresas de diferentes níveis de Governança Corporativa atingiram níveis de evidenciação idênticos. Por fim, observou-se que houve um aumento do nível de evidenciação do ativo imobilizado para as empresas de bens industriais em relação aos resultados de pesquisas anteriores. Esta melhoria também foi percebida entre as empresas pertencentes ao Novo Mercado.

Biografia do Autor

Amanda Outi, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Beatriz Outi, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Rita de Cássia Correa Pepinelli Camargo, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Doutora em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Professora do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Raphael Vinicius Weigert Camargo, Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)

Doutor em Contabilidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Professor Adjunto do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR).

Downloads

Publicado

02/09/2022

Edição

Seção

Artigos