UMA ANÁLISE DOS RESULTADOS DO IMPACTO DO DESEMPENHO CONTÁBIL NO PAGAMENTO DO SIMPLES NACIONAL DAS EMPRESAS MARANHENSES

Autores

Resumo

Com o objetivo de beneficiar a cobrança e a fiscalização de tributos dos pequenos negócios em todo o país, a Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, instituiu o Estatuto da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, que estabelece o Simples Nacional. Dessa forma, a presente pesquisa tem como objetivo principal constatar os efeitos que os resultados contábeis das microempresas e das empresas de pequeno porte do estado do Maranhão realizam no pagamento do seu Simples Nacional. Para isso, será utilizada a ferramenta econométrica de regressão linear múltipla entre a variável dependente valor total pago no exercício fiscal de 2017 ao Simples Nacional pelas empresas maranhenses e as variáveis independentes participação do capital de terceiros, retorno sobre o ativo e Lucro Líquido do Exercício. Os resultados indicaram que todas as variáveis independentes utilizadas na pesquisa impactaram a variável pagamento Simples Nacional, porém as variáveis Participação do Capital de Terceiros e o Lucro Líquido do Exercício impactaram de forma inversa.

Biografia do Autor

José Washington de Freitas Diniz Filho, UNIVERSIDADE CEUMA

MESTRE EM ADMINISTRAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA (UFSM), CONTADOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO (UFMA) E PROFESSOR DE PÓS-GRADUAÇÃO E GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE CEUMA.

Downloads

Publicado

30/11/2018

Edição

Seção

Artigos