Remuneração de Auditoria Independente em Empresas Familiares e Não Familiares

Autores

  • JESSIKA CUNHA SUZUKI UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG
  • JÚLIO ORESTES SILVA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG
  • THAISA RENATA SANTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG

Resumo

O objetivo do estudo, consiste em verificar a relação da remuneração de auditoria independente e o controle familiar e não familiar nas empresas brasileiras de capital aberto listadas na BM&FBOVESPA. A pesquisa caracteriza-se como descritiva, tendo uma abordagem quantitativa, representada por uma amostra de 46 empresas familiares e 130 empresas não familiares no período de 2009 a 2013. Os resultados indicaram que: (i) as empresas familiares remuneram em menor nível os auditores independentes, quando comparadas com empresas não familiares; (ii) os honorários cobrados por empresas de auditorias Big Four são superiores aos honorários cobrados por empresas de auditoria não Big Four; e (iii) quanto maior o tamanho da empresa auditada, maior a tende a ser a remuneração paga pelos serviços de auditoria. Conclui-se que, a remuneração de auditoria independente paga pelas empresas familiares desta amostra, tende a ser menor, quando comparadas com a remuneração de auditoria independente paga pelas empresas não familiares, o que alinha-se proposição de que a maior proximidade entre controle e gestão nas empresas familiares, geraria custos de agência menores, e como consequência menor necessidade de procedimentos de auditoria e consequentemente menor remuneração aos auditores.

Biografia do Autor

JESSIKA CUNHA SUZUKI, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG

Bacharel em Ciências Contábeis da Universidade Federal de Goiás (2016). 

JÚLIO ORESTES SILVA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG

Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo - FEA/USP (2015). Mestre em Ciências Contábeis pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Fundação Universidade Regional de Blumenau (2010). Possui graduação em Ciências Contábeis pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2008). Atualmente é Coordenador e Professor do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Goiás. Atuou como professor colaborador do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual de Santa Catarina (UDESC-CEAVI), professor colaborador do Curso de Ciências Contábeis do Centro Universitário de Brusque, professor orientador de TCC nos cursos de Pós Graduação em Administração da Universidade Regional de Blumenau e professor do curso de pós-graduação em Controladoria e do curso de graduação em Ciências Contábeis da Universidade Senac.

THAISA RENATA SANTOS, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS - UFG

Mestre em Ciências Contábeis pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Federal de Goiás (2018). Especialista em Auditoria e Gestão de Tributos pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUCGO (2011). Possui graduação em Ciências Contábeis pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUCGO (2008). Atualmente é Professora Auxiliar do Curso de Ciências Contábeis da Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUCGO. Atuou como professor colaborador do Curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal de Goiás - UFG (2015 - 2016).

Downloads

Publicado

14/06/2018

Edição

Seção

Artigos