ANÁLISE DE INDICADORES FINANCEIROS E ORÇAMENTÁRIOS DOS MUNICÍPIOS COM MELHOR CLASSIFICAÇÃO NO IGMA 2021

Autores

  • Jeferson Luís Lopes Goularte Universidade Federal do Pampa
  • Gabriela Cappellari Universidade Federal do Pampa
  • Leonardo Minelli Instituto Federal Sul-Rio Grandense

Palavras-chave:

Indicadores, Municípios, IGMA.

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar os índices dos indicadores financeiros e orçamentários aplicados nas demonstrações contábeis, dos anos 2018, 2019 e 2020, dos municípios que obtiveram melhor classificação no Índice de Gestão Municipal Aquila (IGMA) 2021. A pesquisa é de natureza aplicada, quanto aos objetivos é descritiva, abordagem quantitativa, quanto aos procedimentos trata-se de um levantamento de dados. A pesquisa documental foi realizada nas seguintes demonstrações e demonstrativos contábeis: Balanço Patrimonial do Balanço Anual; e Balanço Orçamentário do Relatório Resumido da Execução Orçamentária do 6º bimestre. Também foi coletado dados no IGMA 2021, categoria cidades excelentes. Os dados foram analisados por meio da análise interpretativa. Os resultados sugerem que os municípios apresentam capacidade de cumprir as obrigações de curto e longo prazo, eficiência no uso dos ativos para gerar receitas e baixa dependência de capital de terceiros para financiar suas atividades. Indicam excesso de arrecadação, economia na execução da despesa e aplicação da receita corrente em despesa de capital. Pode-se afirmar que os municípios demonstram responsabilidade na gestão dos recursos públicos e contribuem para a excelência na gestão dos municípios.

Biografia do Autor

Jeferson Luís Lopes Goularte, Universidade Federal do Pampa

Doutorado em Ciencias de la Educación pela Universidad Nacional de Rosario (UNR, 2015). Atualmente é professor do magistério superior na Universidade Federal do Pampa, Campus Santana do Livramento/RS.

Gabriela Cappellari, Universidade Federal do Pampa

Doutora em Desenvolvimento Regional, linha de pesquisa de gestão empresarial pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ, 2020). Atualmente é professora do magistério superior na Universidade Federal do Pampa, Campus Santana do Livramento/RS.

Leonardo Minelli, Instituto Federal Sul-Rio Grandense

Mestre em Informática pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2013). Atualmente é professor no Instituto Federal Sul-Rio Grandense, Campus Santana do Livramento.

Referências

BRASIL. Lei nº 4.320, 17 de março de 1964. Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 de março de 1964. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l4320.htm>. Acesso em: 21 jun. 2021.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 5 de outubro de 1988. (1988). Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 21 jun. 2021.

BRASIL. Lei Complementar nº 101, de 4 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 5 de maio de 2000. Disponível

em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LCP/Lcp101.htm>. Acesso em: 21 jun. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA ECONOMIA. SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público: aplicado à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios. 8. ed. Brasília: STN, 2019. Disponível em: <https://www.tesourotransparente.gov.br/publicacoes/manual-de-contabilidade-aplicada-ao-setor-publico-mcasp/2019/26>. Acesso em: 21 jun. 2021.

BRASIL. MINISTÉRIO DA ECONOMIA. SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL. Manual de Demonstrativos Fiscais: aplicado à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios. 11. ed. Brasília: STN, 2021. Disponível em: <https://www.tesourotransparente.gov.br/publicacoes/manual-de-demonstrativos-fiscais-mdf/2020/26>. Acesso em: 21 jun. 2021.

DAL VESCO, Delci Grapégia; HEIN, Nelson; SCARPIN, Jorge Eduardo. Análise dos indicadores de desempenho em municípios na região Sul do Brasil com até 100 mil habitantes. Enfoque: Reflexão Contábil, v. 33, n. 2, p. 19-34, mai./ago., 2014. https://doi.org/10.4025/enfoque.v33i2.18210

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2009.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2017. 173 p.

GODOY, Raimundo; RISCHELE, Leonardo; NEVES, Rodrigo. Cidades Excelentes: gestão que transforma a realidade dos municípios brasileiros. Belo Horizonte: AQUILA, 2021.

KLERING, Luis Roque; KRUEL, Alexandra Jochims; STRANZ, Eduardo. Os pequenos municípios do Brasil: uma análise a partir de índices de gestão. Revista de Administração da PUCRS, v. 23, n. 1, p. 31-44, jan./abr., 2012.

KOHAMA, Heilio. Balanços Públicos: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2015.

LIMA, Severino Cesário; DINIZ, Josedilton Aalves. Contabilidade Pública: análise financeira governamental. São Paulo: Atlas, 2016.

MARTINS, Eliseu; MIRANDA, Gilberto José; DINIZ, Josedilton Alves. A. Análise Didática das Demonstrações Contábeis. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2020.

MAUSS, Cézar Volnei. Análise de Demonstrações Contábeis Governamentais: instrumento de suporte à Gestão Pública. São Paulo: Atlas, 2012.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesár. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Editora FEEVALE, 2013.

SÁ, Antônio Lopes de. Teoria da Contabilidade. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

SANTOS, Geovane Camilo dos; ANDRADE, Sandro Ângelo de. Análise por meio de Indicadores Patrimoniais, Financeiros e Orçamentários da

Prefeitura de Patos de Minas. Revista de Auditoria, Governança e Contabilidade (RAGC), v. 1, n. 2, p. 22-36, 2013.

SILVA, Geovana Maria Santos; SILVA, Guilherme Ferreira; CESÁRIO, Guilherme Santos; MELILLO, Pedro Henrique. Análise das demonstrações contábeis aplicadas ao setor público: um estudo de caso realizado em uma prefeitura localizada na região Centro- Oeste em Minas Gerais. Revista Acadêmica Conecta FASF, v. 4, n. 1, p. 118-145, 2019.

SOUZA, Marcos Antonio de; MARENGO, Sabrina Trejes; ALMEIDA, Lauro Brito de. Análise do desempenho socioeconômico de municípios gaúchos emancipados. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), v. 8, n.3, p. 232-250, jul./set., 2014. https://doi.org/10.17524/repec.v8i3.996

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VERGARA, Sylvia Constant. Projetos e Relatórios de Pesquisa em Administração. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

Downloads

Publicado

09/05/2022